Biblioteca do Campus Socorro promove ações de incentivo à formação cidadã

A Biblioteca deve ser entendida para além da concepção tradicional de que se trata de depósito de livros.

As instituições educacionais, a exemplo do Instituto Federal de Sergipe (IFS), têm um papel central na formação ética e cidadã dos seus estudantes, pois promovem ações que auxiliam no despertar do senso crítico e criativo dos mesmos. Essas iniciativas devem integrar todos os setores e profissionais que fazem parte da instituição, tais como as Assessorias Pedagógicas, as Coordenações de Assistência Estudantil, as Coordenações de Cursos, as Gerências de Ensino, dentre outros, a fim de que possam ser utilizadas estratégias pedagógicas para tornar a aprendizagem mais lúdica e mais atrativa para os estudantes.

Incentivo a formação cidadã

As atividades e projetos realizados devem levar em consideração as potencialidades das Tecnologias de Informação e Comunicação, a exemplo da internet, por meio de suas linguagens multimidiáticas (texto, som e imagem), por já fazerem parte do dia a dia dos jovens são consideradas mais atrativas. “É muito mais interessante para nós aprendermos não apenas através da sala de aula e do livro. Ter acesso a filmes, sites e outros recursos da internet é importante para complementar o que aprendemos com os professores do IFS”, disse Camila Araújo Escórcio, aluna do curso de Manutenção e Suporte em Informática.

Nesse sentido, as bibliotecas dos campi podem ser parceiras fundamentais para complementar a aprendizagem dos alunos, servindo como espaços que promovam o empoderamento no tocante aos conhecimentos técnicos e pessoais dos estudantes. Assim, devem ser entendidas para além da concepção tradicional de que se tratam de depósitos de livros, servindo apenas para que os estudantes realizem leituras silenciosas.

Muito além disso, as bibliotecas, especialmente às localizadas nos campi do IFS, têm o papel central no despertar do gosto pela leitura crítica do mundo dos estudantes, não apenas através da informação impressa, por meio do livro didático. Estas devem desempenhar o papel de Centros de Recursos para a Aprendizagem e a Investigação (CRAI), ofertando serviços relacionados com o mundo da informação, dos jogos e das tecnologias (redes sociais, blogs, vídeos etc) para apoiar a aprendizagem, às prática dos docentes, a pesquisa e a extensão.

 Projeto Bibliocine

É nessa perspectiva que a Biblioteca do Campus Socorro está promovendo ações que visam ampliar os horizontes do que se acredita como suas finalidades. Além da disponibilização de livros, a unidade de Socorro desenvolve projetos interdisciplinares e inovadores. O Projeto Bibliocine é um deles, e consiste na exibição de filmes nacionais e estrangeiros sob a perspectiva pedagógica.

BibliocineA primeira edição do Bibliocine esteve alinhada à Campanha Setembro Amarelo, voltada à prevenção do suicídio, quando foi apresentado o curta-metragem "V.I.D.A". Os temas das próximas sessões serão escolhidos pelos estudantes, relacionados a temas transversais que promovam a reflexão sobre a ética, o acesso ao conhecimento, dentre outros assuntos que complementem os conteúdos técnicos abordados pelos professores.

"Foi para mim um imenso prazer ter realizado essa atividade que trouxe um debate muito rico acerca da prevenção do suicídio. O curta que foi exibido conseguiu provocar em todos o sentimento de solidariedade para com as pessoas que vivem esse drama”, ressaltou o bibliotecário do campus, Maurício dos Santos Júnior.

Para Lucas Antônio de Jesus Feitosa, auxiliar da biblioteca do campus, “ações como essa são de suma importância para que os alunos tenham em mente que a Biblioteca vai muito além do que o empréstimo de livros. Nosso dever aqui é difundir informação, tendo na sétima arte uma importante parceira nesta tarefa".

Projeto Bibliotroca

BilbiotrocaOutro Projeto em desenvolvimento é o Projeto Bibliotroca, destinado a democratizar a leitura através da troca de livros doados pelos estudantes e servidores do campus. Além de livros didáticos, também podem ser doados gibis e romances. As trocas podem ser realizadas pelos estudantes e servidores do Campus Socorro das segundas às sextas, das 8 às 17 horas, na Biblioteca.

©2016 DTI - Diretoria de Tecnologia da Informação | Hospedado por DTI - Diretoria de Tecnologia da Informação do Instituto Federal de Sergipe