Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser!
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Aracaju > Encontro com familiares discutirá efeitos da pandemia de Covid-19
Início do conteúdo da página
ENSINO-APRENDIZAGEM

Encontro com familiares discutirá efeitos da pandemia de Covid-19

Criado: Quarta, 16 de Dezembro de 2020, 10h10 | Publicado: Quarta, 16 de Dezembro de 2020, 10h10 | Última atualização em Quarta, 16 de Dezembro de 2020, 10h27

Reunião entre a equipe multidisciplinar e responsáveis pelos estudantes do Integrado acontecerá pela primeira vez de forma virtual

Por Victoria Costa | com supervisão profissional de Marinede Bonfim (MTb 495/SE)

 

38fa4f6e 9122 454f 82fb 221891bf916dNesta quinta-feira,  17 de dezembro, às 19h, a equipe multidisciplinar do Instituto Federal de Sergipe, campus Aracaju, que envolve as áreas de Psicologia, Serviço Social e Orientação Pedagógica, estará reunida com familiares responsáveis pelos estudantes de curso técnico integrado ao ensino médio para promover um espaço de debate sobre esse momento atípico de pandemia. O encontro será feito pelo aplicativo Google Meet (link http://meet.google.com/yti-prnk-kad ). 

O intuito da reunião é discutir sobre os desafios encontrados neste período, e também nas oportunidades criadas, tanto no processo de ensino-aprendizagem como no de desenvolvimento humano. Os encontros "Educar na escola e na família" buscam aproximar a escola e a família para que possa acontecer uma troca que ajude no processo educacional dos jovens. Para a equipe, quanto mais escola e família estiverem em sintonia, mais fácil será a condução do processo de aprendizagem.

fabiana karen psicologas ifs ajuEste ano o encontro está um pouco diferente, será o primeiro realizado de forma virtual, mas o formato será o mesmo do presencial: uma roda de conversa que acontece a cada encontro com uma temática específica, com o objetivo de promover essa aproximação entre escola e família para um melhor acompanhamento feito aos discentes. “Ficaremos com câmeras abertas e microfones fechados; e abriremos o microfone de quem for solicitando fala. Os familiares também poderão interagir conosco e entre eles pelo chat do aplicativo.”, revela a psicóloga Karen Gomes que faz parte da equipe multidisciplinar.

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página