Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser!
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Aracaju > O evento refletiu desafios da história educacional recente
Início do conteúdo da página
EDUCAÇÃO E SENSIBILIDADE

O evento refletiu desafios da história educacional recente

Escrito por MARIA DO SOCORRO LIMA | Criado: Sexta, 22 de Outubro de 2021, 12h11 | Publicado: Sexta, 22 de Outubro de 2021, 12h11 | Última atualização em Segunda, 25 de Outubro de 2021, 11h54

Saudade, homenagens aos docentes, homenagens dos(as) alunos(as) aos mestres, desafios metodológicos, protocolos de saúde pública, sentimento de pertencimento e humanização foram os temas abordados na Jornada pedagógica 2021.2, na perspectiva de uma (re)memória do tempo pandêmico e seus impactos no processo educacional

A Jornada Pedagógica 2021.2 do IFS campus Aracaju foi realizada de uma maneira bastante diferente nesta edição. Foi um evento transmitido pelo Youtube do Campus Aracaju com um caráter intimista para a instituição e, dessa forma, reuniu, no último dia 14, a direção-geral, direção de ensino, gerentes de ensino, coordenações de curso e docentes e, teve a graça e carinho da homenagem singela de alguns alunos que deram as boas-vindas aos alunos e professores.

elber ruth editadaO evento foi conduzido pelo diretor-geral do Campus Aracaju, professor Elber Gama e teve a participação da reitora do IFS, professora Ruth Sales, que destacou em sua fala que “estamos juntos neste acolhimento, neste retorno, neste desafio. Nossa palavra é uma palavra de amor, de trabalho, de comprometimento. Desejar um feliz dia do professor. Lutamos tanto por educação de qualidade, por uma Instituição de excelência. Acima de tudo, estejamos felizes e, por isso, temos a preocupação na busca de uma inteligência emocional.

Para a professora Ruthe Sales, a busca da cultura da paz é imprescindível no processo da formação humana na educação escolar. “O IFS tem buscado desde 2018 conhecer a importância da inteligência emocional, empatia, autoconhecimento, não violência, para oferecermos ao outro o que há de melhor em cada um de nós” . Professora Ruth citou Roberto de Araújo (USP), que pesquisa, ensina e problematiza o conceito de inteligência emocional no processo educacional; levando-o a trabalhar com o conceito de educação emocional.

ruth jornada pedagogica 2021 2Na perspectiva desse pensamento, professora Ruth Sales, deu as boas-vindas à comunidade acadêmica do IFS campus Aracaju, explicou que no segundo semestre de 2021, o IFS continuará com o calendário acadêmico sob a metodologia do ensino remoto emergencial, mas destacou que a instituição, sob a orientação do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif), do Ministério da Educação, Ministério da Saúde e autoridades governamentais, está a preparar o retorno presencial das aulas, a partir do trabalho planejado no Colégio de dirigentes do IFS, composto pela reitoria, pró-reitoria de ensino, representação dos diretores-gerais e outras representações gestoras da instituição.

Ao falar sobre o retorno às aulas presenciais, professora Ruth Sales destacou que a volta será de forma gradual e segura e, ao citar a Portaria 1775/IFS, publicada em 6 de agosto de 2021, informou que a comissão geral e subcomissões de ensino, pesquisa e extensão e administrativa locais, estão a trabalhar pelo retorno presencial, mas de forma gradual, preservando a saúde da comunidade e mantendo o protocolo da saúde sanitária, diante do que estamos a enfrentar com a pandemia da covid-19.

JORNADA PEDAGÓGICA 21 2 FOTO CAPAFoi assim, de forma leve e amorosa que o IFS campus Aracaju abriu os trabalhos do segundo semestre de 2021, num abraço virtual gigante, por trás de cada tela onde cada um(a) se manifestou e o afeto se constituiu numa soma de corações que pulsam para que o show da vida brilhe e continue, para que a educação escolar seja cada vez mais lugar de formação profissional mesclada de sentimentos e virtudes que constituem a beleza do ser humano.

A Jornada pedagógica é o primeiro evento a preparar o retorno às aulas, no semestre que se inicia, seguida do Acolhimento aos alunos ingressantes, realizado no dia 18, primeiro dia de aula, que tem objetivo em receber os alunos, apresentar a equipe diretiva, setores, professores e técnicos administrativos da equipe multidisciplinar, responsáveis pelo atendimento ao ensino, pesquisa e extensão. As duas atividades anunciam o início dos trabalhos no segundo semestre do ano letivo,

Emocionar-se, ter empatia, tornar-se mais humano, buscar e enxergar o outro, amar e educar, foram verbos e sentimentos que tornaram a Jornada pedagógica 2021.2 um evento que marca uma fase da história do IFS e destacou as singularidades inerentes à comunidade acadêmica do campus Aracaju .

 Homenagem e reflexão histórica da direção-geral

elber jornada pedagogica 2021 2O diretor-geral do campus Aracaju, Professor Elber Gama destacou em seu discurso que a Jornada Pedagógica 2021.2 foi configurada numa proposta diferente de programação, num momento de memória, saudade e reflexão sobre os impactos dos desafios do tempo presente, que impôs à comunidade acadêmica do IFS e, em particular, do campus Aracaju, desafios numa “rede cíclica de impactos”.

Este se constituiu um dos pontos altos da avaliação e homenagem sensível feitas pelo professor Elber Gama, aos professores do IFS campus Aracaju, destacadas pelos docentes e técnicos em assuntos educacionais presentes na Live, que teve como um dos objetivos o reconhecimento pelo trabalho docente, das equipes de trabalho que uniram esforços, sensibilidade, despreendimento para o encontro com os alunos e mudar o cotidiano por meio das telas, da aprendizagem e abraço virtual.

O discurso que homenageou os professores do IFS, foi contextualizado nos impactos impostos pela pandemia da covid-19 e nas estratégias utilizadas pelo corpo docente e administrativo do campus Aracaju para vencer o medo, na busca do “fortalecimento de vínculos, o que fez diminuir a sensação de isolamento e diminuir os abismos sociais”, enfatizou o professor Elber.

Para enfrentar os desafios impostos pela história recente do país, o professor Elber analisou que “inadvertidamente, as dificuldades então inerentes à própria organização do novo modelo de sala de aula, a lógica da autonomia e protagonismo discente, as proposituras de atividades, o fomento a interação on-line e a própria avaliação da aprendizagem, de maneira inequívoca, não mais pode prescindir da empatia, da resiliência, do amor ao próximo.

Construção, (re) construção e escola em movimento

No intuito de romper as barreiras, um esforço conjunto mais forte emergiu impelindo “o corpo docente, técnico educacional e administrativo aos desafios da capacitação para uma realidade que já existia, mas não se constituía numa cultura de prevalência, dando aos ambientes virtuais como lugares sociais para a realização das aulas, do trabalho docente e dos técnicos administrativos.

O ensino remoto emergencial e as Tecnologias da Informação e Comunicação (TICS) “não poderiam diminuir sentimentos humanos para enfrentarmos a pandemia da covid-19”, destacou o professor Elber em sua extensa e sensível fala, para que houvesse de fato o “estabelecimento e fortalecimento de vínculos, manutenção da oferta da educação pública e de qualidade, por meio das redes sociais para informação e divulgação da/e educação profissional”. Os espaços outrora físicos deram lugar aos ambientes virtuais para aulas, os eventos acadêmicos e novos desafios no intuito de “manter a instituição em movimento”, enfatizou professor Elber.

Nesta Jornada pedagógica, o evento teve uma perspectiva mais simples, menos formal, sem oradores externos,a fim de que a reflexão se revestisse de abraços e acolhimento entre a comunidade interna.

No entanto, ao bordar que a escola se constitui em espaço da construção e reconstrução do conhecimento, o professor Elber Gama lembrou do pensamento do antropólogo, sociólogo e filósofo francês Edgar Morin, nas lições do livro Os sete saberes necessários a educação do futuro: “o erro e a ilusão; os princípios do conhecimento pertinente; ensinar a condição humana; ensinar a identidade terrena; enfrentar as incertezas; ensinar a compreensão; e a ética do gênero humano”.

Outros autores foram lembrados para configurar o mote da homenagem que teve Educação e sensibilidade como um dos pilares na fala do professor Elber, onde destacou: “Remetemo-nos então a mais um conhecimento de outrora, paradoxalmente tão atual, mesmo porque o saber é historicamente construído, e recordamos Merleau-ponty, na busca de compreender a dicotomia sujeito-objeto (onde o homem vive e a máquina trabalha), que em sua fenomenologia da percepção traz passagens no mínimo instigantes,para nos levar a dizer que, de repente tudo passa pela necessidade de sermos humanos mais humanos!”

Ao invocar pensadores educacionais, duas mulheres foram lembradas, a poetisa e contista brasileira,Cora Coralina, pseudônimo deJORNADA PEDAGÓGICA 21 JARDIM PANORÂMICO reduzida Anna Lins dos Guimarães Peixoto Bretas (1889-1985),considerada uma das mais importantes escritoras brasileiras,citada numa das orações mais célebres da obra daquela escritora: “ feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina” e, como disse Maria Montessori (1870-1952): as crianças agora estão trabalhando como se eu não existisse”.

Maria Tecla Artemisia Montessori foi uma educadora, médica e pedagoga italiana, que produziu método de ensino batizado com seu nome, onde estimulava a iniciativa e capacidade de resposta da criança, através do uso do material didático especialmente produzido para elas.

O discurso de homenagem aos professores foi finalizado destacando o valor da ação educativa e as mudanças que ela é capaz de provocar na sociedade: “parabenizo-os(as) por todo compromisso e comprometimento existentes em seu fazer pedagógico, por sua abnegação, por dar sentido a vida humanizando os conteúdos, por ser protagonista no processo ensino-aprendizagem, por ser um semeador de sonhos e por apaixonar-se, dia após dia, pela arte de ensinar e educar”, enfatizando que a ação educativa tem o compromisso de fazer o homem refletir sobre seu papel social no mundo.

“Excelente retorno, vamos reforçar nosso compromisso de estarmos envidando os esforços para os problemas que porventura apareçam, para construirmos soluções de forma conjunta”. Nós e que fazemos. Há muito utilizo o verbo na primeira pessoa do plural e encontrei na natureza a forma melhor de agradar e recebê-los. As nossas áreas verdes estão a ser cuidadas no nosso jardim emanando energias e luz”, finalizou professor Elber.

Homenagem dos alunos

Alguns alunos do IFGS campus Aracaju fizeram homenagem por vídeo que foram exibidos no decorrer da Jornada pedagógica: Ana Carolina do 7° período de Licenciatura em Química e 6 alunos dos cursos técnicos
integrados ao ensino médio: Adriel de Souza Silva (Eletrotécnica), Analice Figueiras Oliveira (Edificações), Chayene Yanomami Bispo Santana (Alimentos), Igor Torres Rollemberg (Química), Samuel Soares de Araújo (Informática) e Vandresen Santos Alves (Eletrônica.

adriel ifs ajuAdriel de Souza Silva (Eletrotécnica) sintetizou o sentimento de gratidão, da importância do ensino remoto durante este período: “estou aqui para dar as boas-vindas aos nossos professores. Nós sabemos que o ensino remoto, apesar de todas as dificuldades, é muito importante para nossos alunos, enquanto não temos o retorno presencial. Espero que aprendamos todos juntos e sejam muito bem-vindos ao IFS”, destacou.

Os alunos falaram da satisfação e orgulho em estudarem no IFS, manifestaram carinho e gratidão pelos professores, lembraram do apoio da instituição no percurso das aulas no período da pandemia, como aquisição de tablets para alunos que precisaram dos equipamentos com finalidade assistirem às aulas, mas, sobretudo, desejaram as boas-vindas aos(às) mestres e os(as) abraçaram com suas mensagens de carinho e reconhecimento pela dedicação no processo da formação deles(as).

 Retorno gradual e seguro das aulas presenciais

Após as reflexões e homenagens aos professores, o professor Elber destacou que o planejamento do retorno às aulas presenciais seguirá as informações dadas pela reitora do IFS, professora Ruth Sales quando citou a Portaria 1775 e destacou algumas providências que foram tomadas no campus Aracaju, dentro do plano de ordem técnica, como análise e acompanhamento de taxas de transmissibilidade da covid-19, indíce de imunização a partir da imunização do ciclo vacinal, taxa de ocupação de leitos, taxa de óbitos e outros dados importantes que devemn ser observados para que o retorno seja gradual e seguro, respeitando as normas e legislação que cuidam das questões referentes ao protocolo da segurança sanitária, no que se refere à covid-19.

Professor Elber lembrou da Aquisição de equipamentos de proteção individual e álcool 70%, contratação de novos agentes de limpeza, novos equipamentos, como atomizador, capacitação de limpeza, realizada pela enfermeira do campus Aracaju ,Luciana Cardoso, que participa da comissão local de combate e prevenção à covid-19.

A instituição, de acordo com professor Elber, está a administrar o reordenamento dos recursos e aporte governamental para o plano de retorno presencial, para a execução e operacionalização do Plano de retorno do calendário acadêmico presencial, como economia com água e energia,neste período de trabalho remoto. Essas são as “váriáveis que estão sendo levadas em consideração para planejamento do retorno do calendário acadêmico presencial”, apontou o professor Elber Gama.

 

 

 

 

 

 

 

 

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página