Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Lagarto > Formação sócio-histórica do Brasil é tema de visita técnica
Início do conteúdo da página
DIVERSIDADE CULTURAL

Formação sócio-histórica do Brasil é tema de visita técnica

Escrito por CESAR DE OLIVEIRA SANTOS | Criado: Sexta, 06 de Julho de 2018, 09h40 | Publicado: Sexta, 06 de Julho de 2018, 09h40

Visita Técnica SSA 1Atividade de campo ocorreu no dia 20 de junho e contemplou diversos pontos históricos da cidade de Salvador

Está enganado quem pensa que os alunos dos cursos do Instituto Federal de Sergipe - Campus Lagarto, todos eles voltados para a área das ciências exatas, não veem nada além de cálculos em sua rotina acadêmica. A perspectiva sócio-histórica está inerente aos princípios que norteiam os currículos dos cursos na instituição. Exemplo disso foi a visita técnica realizada por estudantes dos cursos de graduação no dia 20 de junho a pontos históricos da cidade de Salvador - BA.

A visita foi atrelada à disciplina Educação, Diversidade e Cidadania, ministrada pela professora Ana Júlia Chaves Silva, para os cursos de Automação Industrial, Engenharia Elétrica, Física e Sistemas de Informação do IFS - Campus Lagarto. De acordo com Ana Júlia, ela inclui visitas técnicas no planejamento do período letivo para quebrar certo estigma de algo "puramente teórico" que a disciplina possui. "É a partir desse pressuposto que temas como comunidades indígenas e quilombolas, educação inclusiva, étnico-racial e do campo são abordados e, na medida do possível, vivenciados na prática", explica a docente, que é também coordenadora do Núcleo de Apoio a Pessoas com Necessidades Específicas do campus.

A cidade de Salvador foi selecionada para a visita por congregar um vasto repertório de locais e monumentos que, de certo modo, sintetizam muito do passado e da formação sociocultural do Brasil. Pontos como o Pelourinho (que, na Era Colonial, era usado para expor e castigar escravos), as igrejas de São Francisco (a qual possui estilo barroco e, embora homenageie um santo que fez recusa dos bens materiais, é bastante conhecida por seus altares abundantes em ouro) e de Senhor do Bonfim (símbolo do sincretismo religioso característico do povo brasileiro) oportunizam aos alunos uma reflexão sobre nosso passado e dão subsídios para uma melhor compreensão do presente. Visita Técnica SSA 4

A aluna Jaíne Bispo, do 5º período do curso de Física, afirmou que atividades como essa fazem com que os alunos repensem a formação nacional, o que, para ela que cursa uma licenciatura, é essencial. "A relevância de atividades que nos possibilitem estar em contato com locais e processos culturais diferentes do nosso se dá tanto por elas nos fazerem refletir sobre nossas raízes, por sermos compostos por essa mistura de culturas, como por nos colocarem diante do semelhante, que também é parte do que somos e símbolo do que a sociedade passou para chegar aonde chegamos", comenta a discente.

Os estudantes visitaram, ainda, o Museu da Energia, localizado na Praça da Sé. O espaço foi criado para disseminar a história e os princípios da eletricidade, além de métodos eficientes de economia de energia. Na ocasião, a partir de uma tela interativa, os alunos do Campus Lagarto participaram de uma demonstração de economia de energia e, em meio ao tema central da visita, desfrutaram de uma atividade relacionada diretamente a suas respectivas áreas de formação.

Fim do conteúdo da página