Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser!
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Lagarto > Evento debate o crescimento da microeletrônica no Brasil
Início do conteúdo da página
EM PLENAS FÉRIAS

Evento debate o crescimento da microeletrônica no Brasil

Escrito por CESAR DE OLIVEIRA SANTOS | Última atualização em Quinta, 06 de Fevereiro de 2020, 16h55

Segunda Conexão 1O encontro, que reuniu pesquisadores e estudantes do IFS, da UFS e da UFCG, contou também com palestra sobre habilidades a serem desenvolvidas na graduação

Há quem pense que as férias escolares é tempo apenas de engavetar os livros e descansar. No entanto, para uma equipe de alunos e pesquisadores do IFS - Campus Lagarto, o mês de janeiro se mostrou ideal para outra coisa: movimentar os laboratórios da instituição e debater tópicos relacionados à microeletrônica. Foi esse o objetivo do Segunda Conexão, evento que está em sua segunda edição e reuniu pesquisadores do IFS, da Universidade Federal de Sergipe (UFS) e da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) nos dias 22 e 23 de janeiro.

O evento foi organizado pelo Laboratório de Inovação e Criatividade (Labic), que desenvolve no campus pesquisas ligadas principalmente à área da robótica. De acordo com a professora Stephanie Kamarry, coordenadora do grupo de pesquisa, a ideia surgiu da oportunidade de ampliar o horizonte de conhecimento dos estudantes do campus através do contato com pesquisadores e alunos de outras instituições. “Como eu faço doutorado em robótica na UFCG, tenho contato com professores que são referência a nível internacional em engenharia elétrica e eletrônica. Recentemente, a UFS fechou um projeto com a UFCG e eu resolvi aproveitar a vinda desses professores para Aracaju e viabilizar a presença deles no IFS”, explicou a docente.Segunda Conexão 2

E o objetivo deu certo. A conexão entre as três instituições promoveu o encontro de alunos dos diversos cursos e modalidades do Campus Lagarto, além da participação de discentes de outros campi e instituições, todos eles interessados em debater sobre a microeletrônica, área que vem crescendo nos últimos anos no Brasil. “No minicurso de conversores analógicos, por exemplo, a abordagem prática do ministrante deixou a gente ‘ligado’ do início ao fim. Tanto é que depois da palestra da tarde voltamos para o laboratório para terminar de implementar os exemplos dados”, comentou Paulo Anjos, aluno de Engenharia Elétrica e integrante do Labic.

Segunda Conexão 6Experiências como essas propiciam aos estudantes um novo olhar sobre a vivência acadêmica, o que, aliás, também foi tema de palestra durante o Segunda Conexão. A importância da participação em pesquisa, como superar eventuais limitações da estrutura curricular, a busca por autonomia, tudo isso foi matéria de debate na segunda tarde do evento. “Nós somos um curso novo, a turma mais avançada está no sexto semestre. Momentos como esse nos ajudam bastante a arejar as ideias e abrir os olhos para questões que vão além da parte técnica do curso”, finalizou Paulo.

Foto da capa: Demóstenes Varjão

Fim do conteúdo da página