Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser!
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Lagarto > Professor do IFS é selecionado para internacionalização em Portugal
Início do conteúdo da página
MOBILIDADE

Professor do IFS é selecionado para internacionalização em Portugal

Criado: Quinta, 04 de Fevereiro de 2021, 10h05 | Publicado: Quinta, 04 de Fevereiro de 2021, 10h05 | Última atualização em Sexta, 05 de Fevereiro de 2021, 11h36

Internacionalização IPB 1Experiência será no Instituto Politécnico de Bragança e possibilitará intercâmbio com o IFS sobre práticas de ensino e de pesquisa.

O Instituto Federal de Sergipe (IFS) enviará um professor de seu quadro funcional para participar de programa de internacionalização no Instituto Politécnico de Bragança, em Portugal. Entre projetos enviados por docentes e instituições de diversos países, o do professor Márcio Santos Lima, do IFS/Campus Lagarto, foi um dos três selecionados. Por cinco meses, ele exercerá atividades de ensino, pesquisa e extensão como professor visitante daquele instituto, promovendo o intercâmbio entre as instituições.

Esse programa é fruto de um termo de cooperação acadêmica firmado entre o IFS (Brasil) e o IPB (Portugal) desde 2013, e esta será a primeira vez que as instituições se aproximarão efetivamente através de um programa de internacionalização acadêmica. Em 26 de fevereiro o docente embarca para essa missão. “Acredito que a importância dessa experiência para o IFS está em estreitar relações com uma instituição internacional, tendo em vista a abertura de oportunidades futuras de produção de conhecimento, experiências, intercâmbios e mobilidades acadêmicas, tanto para docentes quanto para discentes de ambos os institutos”, analisa Márcio Santos Lima, que leciona Desenho no IFS/Campus Lagarto e está lotado na Coordenadoria de Arquitetura e Urbanismo.

Internacionalização IPBCom previsão de encerramento em 17 de julho, durante o programa de internacionalização o profissional selecionado ministrará uma disciplina como professor visitante, desenvolverá um plano de pesquisa e participará de projeto de inovação pedagógica. “Para a disciplina, submeti o componente curricular “Desenhar é preciso”, que explora o ato de desenhar, manualmente, do estudante de qualquer área, pelo seu caráter transversal, que permite um alargamento do fazer profissional. A expectativa é vivenciar, na prática, aplicação de teorias estudadas sobre Desenho com ênfase nas atividades manuais, de natureza artesanal do Desenho, no intuito de gerar o hábito de desenhar, como forma de comunicação e expressão, para todo o começo de qualquer trabalho, seja ele qual for contribuindo para um ensino omnilateral e uma formação politécnica”, ressalta o professor.

Já a pesquisa a ser desenvolvida no IPB é um desdobramento do trabalho de doutorado, realizada na USP, sobre o Desenho ao alcance de todos e de todas. “Defendo a ideia de que o Desenho é um campo de conhecimento e não apenas uma atividade isolada e restrita aos que se julgam “talentosos”. Desenhar é expressar-se e comunicar-se. Por isso, o ensino de Desenho deve estar acessível para o desenvolvimento de uma linguagem de expressão, comunicação e arte. Este tema parece ter interessado ao IPB, e é isso que pretendo aprofundar e investigar, na prática, com estudantes de diversas nacionalidades, o exercício e desenvolvimento do grafismo em um universo amplo de formação politécnica”, explica Márcio.

Além do professor do IFS/Campus Lagarto, foram selecionados para atuar como docentes visitantes em Bragança um representante do Instituto Federal de São Paulo (IFSP) e outro de uma universidade da Romênia.

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página