Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Estância > Campus Estância leva educação ambiental para creches da rede pública
Início do conteúdo da página
MÊS DAS CRIANÇAS

Campus Estância leva educação ambiental para creches da rede pública

Escrito por CAROLE FERREIRA DA CRUZ | Publicado: Terça, 16 de Outubro de 2018, 11h06

Reciclando Atitudes 04

Encenações teatrais e oficinas com foco na reciclagem e na alimentação saudável integram os projetos 'Reciclando Atitudes' e 'Horta Solidária'

Propagar a educação ambiental na escola desde a tenra infância. Com esse objetivo a equipe dos projetos 'Reciclando Atitudes' e 'Horta Solidária' do Instituto Federal de Sergipe (IFS) – Campus Estância aproveitou a passagem do Dia das Crianças para realizar uma série de atividades na Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Laura Cardozo Costa.

Reciclando Atitudes 02Mais de 20 alunos bolsistas e voluntários, acompanhados das professoras Aline Sá e Márcia Maria de Jesus Santos, promoveram para as crianças da creche encenações teatrais com fantoches, que abordaram a importância da preservação do meio ambiente, da reciclagem e do consumo de alimentos sem agrotóxicos.

Também foram realizadas oficinas para a confecção de jogos educacionais, brinquedos, terrários e porta-lápis, produção de mudas, pintura de paisagens e maquiagem artística. As peças foram feitas a partir de materiais doados pelos servidores do campus (caixa de sapato, garrafa pet, potes de margarina, etc.).

Reciclando Atitudes 03A programação contou ainda com a doação de terrários e de sabão a base de óleo residual doméstico tanto para as crianças quanto para as professoras da creche – que participaram de todas as atividades. Por fim, foi a hora da recreação: cantigas de roda e distribuição de brindes fizeram a alegria da criançada.

A preparação do lanche recebeu uma atenção especial. Tudo foi feito com ingredientes saudáveis colhidos da horta campus e sob a supervisão de uma nutricionista da Secretaria Municipal de Educação, que é parceria dos projetos. O planejamento da atividade levou dois meses, msa o trabalho é contínuo. A cada mês novas ações serão executadas.

Durante a Feira de Ciências, a ser realizada no início de novembro, serão doados brinquedos e jogos educacionais produzidos nas oficinas de reciclagem. A comunidade vai poder ter contato com os trabalhos desenvolvidos pelo projeto e participar de jogos educacionais com ênfase na importância da implementação da coleta seletiva, da reciclagem, da reutilização e redução do material de consumo.

A creche Laura Cardozo Costa foi escolhida por estar localizada no mesmo bairro do IFS, ser frequentada por filhos de servidores e ter alunos com necessidades especiais. Mais outra creche será visitada até o final do mês. “Vale destacar o quanto a ação foi gratificante para todos, a partir da integração e dos depoimentos emocionantes dos nossos alunos”, enfatizou Márcia de Jesus.

Reciclando Atitudes 05Emoção e realização foram os sentimentos compartilhados pelos estudantes. “Foi lindo ver as crianças interagindo com todos e com tudo. Pude observar que elas possuem uma energia inexplicável que contagia todos e estão dispostas a aprender. Isso me remeteu à minha infância e de alguma forma me emocionei”, contou Gilliard Nascimento da Silva, 18 anos, do curso integrado de Eletrotécnica.

Sobre os projetos

Aliar ações sustentáveis e de educação ambiental com foco na economia solidária, transpor os limites da sala de aula e incorporar a rede pública de educação para formar agentes multiplicarmos são as metas dos projetos Reciclando Atitudes e Horta Solidária.

Reciclando Atitudes 06Ambos foram aprovados no Programa Institucional de Bolsa de Extensão (Pibex/2017) após editais lançados pela Pró-Reitoria de Pesquisa e Extensão (Propex). A iniciativa partiu das professoras Aline de Jesus Sá (Biologia) e Márcia Maria de Jesus Santos (Geografia), que firmaram parceria com as escolas municipais e estaduais de Estância.

Os projetos foram deflagrados com a I Semana de Sustentabilidade, no final de agosto. Entre as ações, que ocorrem de forma continuada e incluem as escolas da rede pública, estão a implantação horta solidária e da coleta seletiva de papel, a redução do consumo de copos descartáveis e a criação de um Ecoposto para coletar o óleo residual doméstico no campus.

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página