Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser!
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Itabaiana > Aplicativo que incentiva descarte correto de resíduos é apresentado em evento internacional
Início do conteúdo da página
SUSTENTABILIDADE

Aplicativo que incentiva descarte correto de resíduos é apresentado em evento internacional

Escrito por GERALDO BULHOES BITTENCOURT FILHO | Criado: Quarta, 05 de Outubro de 2016, 15h00 | Publicado: Quarta, 05 de Outubro de 2016, 15h00 | Última atualização em Quinta, 06 de Outubro de 2016, 13h06

O jogo foi criado por sete alunos dos cursos técnico e superior do Campus Itabaiana

plateiaA ideia de desenvolver um aplicativo que envolvesse empreendedorismo, sustentabilidade e inovação saiu das mentes inquietas de sete alunos do Instituto Federal de Sergipe – Campus Itabaiana. O objetivo do software – na verdade, um jogo chamado Game Verde – é simples e muito pertinente para o momento ambiental de hoje: incentivar estudantes do ensino fundamental a fazer o descarte de resíduos sólidos de maneira adequada. A iniciativa dos discentes recebeu apoio institucional e ultrapassou os limites geográficos de Sergipe. No último dia 25, os jovens apresentaram a sua criação no 8º congresso internacional da Federação Mundial de Colleges e Escolas Politécnica (WFCP, sigla em inglês), que aconteceu paralelamente à 40ª Reditec, em Vitória (ES).

leonardo 1A participação dos alunos ocorreu no grupo “Escolas Verdes”, que visava debater iniciativas que contribuíssem para a construção de uma escola mais ecológica e para oferta de uma educação integrada com as práticas sustentáveis. “De Sergipe, só nós fomos selecionados para integrar o evento e, ainda por cima, ainda éramos os únicos alunos na sala – os outros projetos apresentados eram de diretores e gestores”, revela Leonardo de Melo Siqueira, concluinte do curso de Tecnologia em Logística do Campus Itabaiana. No mesmo grupo temático dos estudantes estava a escola canadense Durhan College, que tratou da implementação de uma mudança de comportamento por meio da criação de um comitê de sustentabilidade.

De acordo com o mediador das apresentações voltadas à sustentabilidade, Martin Riordan, o seminário conseguiu encaminhar duas medidas concretas para as atividades. O projeto canadense busca parceria para ser replicado em outros países por meio da Unesco – Unevoc. Com relação ao projeto sergipano, Martin afirmou que o grupo busca apoio com a Unesco e com membros da Asia Pacific Economic Cooperation (Apec) para a expansão do Game Verde. “Pretendemos traduzir o jogo e licenciar para o uso em outros países”, afirma Riordan para o site oficial do WFCP.

App verde

grupo tematicoO desenvolvimento do software dos estudantes veio no momento em que conceitos como aquecimento global e desertificação deixaram de ficar restritos apenas aos pesquisadores ligados ao tema e passaram a compor o leque de preocupações de todas as pessoas. Para chegar ao produto final, foi necessário aplicar o conhecimento teórico sobre logística e sustentabilidade na construção do enredo do aplicativo, além das habilidades necessárias para programação do jogo. Diante do desafio, uma equipe multidisciplinar composta por estudantes do curso técnico em Manutenção e Suporte em Informática e do de Tecnologia em Logística, sob a orientação do professor Christiano Lima dos Santos, foi montada para tocar o projeto em todas as suas etapas.

Site2O diretor geral do Campus Itabaiana, José Rocha Filho, fez parte do grupo que participou da WFCP e ressalta a importância de estar presente em um evento internacional que discutiu desde inovação tecnológica até a produção de conhecimento que valoriza a sustentabilidade. “Esse é o grande desafio da humanidade: conciliar desenvolvimento e mundo sustentável. Os nossos alunos serviram de referencial, haja vista que fomos os únicos do Brasil que participaram desse grupo temático do evento”, aponta o diretor, que ainda parabeniza os estudantes e espera que a conquista sirva de exemplo para outros trabalhos.

Além de José Rocha e Leonardo de Melo, fizeram parte do grupo do Campus Itabaiana a professora Cynthia Marise dos Santos Mattosinho e os alunos Ana Paula Menezes dos Santos, Wanderlei Tavares Ferreira, Jonas Gomes de Lima, John Micheal Lima de Carvalho, Cléverton da Cunha Nascimento e Geneilton Nunes de Lima.

Fim do conteúdo da página