Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Itabaiana > Oficinas, sessões de cinema, visita cultural e exposição marcam os 5 anos da biblioteca
Início do conteúdo da página
campus itabaiana

Oficinas, sessões de cinema, visita cultural e exposição marcam os 5 anos da biblioteca

Escrito por GERALDO BULHOES BITTENCOURT FILHO | Publicado: Quarta, 24 de Outubro de 2018, 09h53

ok2Atividades comemorativas aconteceram dentro da terceira edição da “Semana Bibliocult: cultura além da leitura” e reuniram cerca de 300 pessoas

Há não muito tempo, as bibliotecas eram locais estáticos que apenas remetiam à leitura e ao empréstimo de livros. Com o advento das tecnologias digitais e a utilização em massa pelos jovens, esses espaços tiveram de se adaptar. Hoje, dinâmicos e interativos, atraem o público através da oferta de atividades culturais, cinema e cursos, por exemplo. Ciente do novo cenário, a biblioteca do Instituto Federal de Sergipe – Campus Itabaiana comemorou, entre 15 e 18 deste mês, os cinco anos de existência com a realização da terceira edição da “Semana Bibliocult: cultura além da leitura”, que é um projeto que mostra a versatilidade dos espaços que têm como principal objetivo a busca pelo conhecimento.

ok3A edição deste mês da “Semana Bibliocult: cultura além da leitura” atraiu cerca de 300 pessoas à nova sede do Campus Itabaiana. No primeiro dia, foram realizadas duas oficinas: de xadrez, com os enxadristas Maurício dos Santos e Paulo Pereira, bibliotecário e professor, respectivamente, do IFS; e de artesanato com objetos recicláveis, com uma servidora da Secretaria de Assistência Social da Prefeitura de Itabaiana. Durante as oficinas, os alunos conheceram os benefícios do xadrez para a vida pessoal e para a melhora do rendimento acadêmico, bem como decoraram garrafas de vidro e criaram produtos com base em insumos que se tornariam lixo doméstico.

ok5O segundo dia foi dedicado à sétima arte com a exibição de dois curtas-metragens A escritora sergipana Taylane Cruz exibiu para o público e propôs um debate acerca de uma obra cinematográfica filmada em municípios sergipanos que foi baseada em um conto escrito por ela mesma. Já Elza Ferreira Santos trouxe um documentário que tratou da realidade social da mulher brasileira ao longo do tempo. O debate abordou questões de gênero, empoderamento da mulher e feminismo. Para Wellison Ferreira, aluno do curso de Manutenção e Suporte em Informática, é notória a participação dos alunos nos eventos promovidos pela biblioteca. “O acolhimento que recebemos é o melhor de tudo, além da possibilidade de aprendermos coisas novas”, enfatiza.

Visita cultural

okO penúltimo dia do evento foi dedicado a uma visita cultural à cidade de Laranjeiras. Durante o trajeto, 50 alunos, conduzidos por um guia turístico, visitaram o centro histórico, museus de arte sacra e afro-brasileiro, a Casa João Ribeiro e o Museu Comunitário Filhos de Obá, que é um terreiro de candomblé. A proposta da ação foi permitir o contato dos estudantes com a religião de matriz africana, de modo que por meio de esclarecimentos pudessem eliminar possíveis preconceitos. O espaço conta com os primeiros instrumentos usados nos rituais, as guias, os adornos, vestimentas e instrumentos musicais.

Durante os 4 dias de evento, duzentas fotografias que exibiam as ações desenvolvidas durante os 5 anos de existência da biblioteca ficaram em exposição no Campus Itabaiana. As imagens eram relacionadas a estrutura, eventos, treinamentos, visitantes, leitores e datas especiais. No dia 15 foi celebrado, efetivamente, o aniversário do espaço. Música ao vivo e distribuição de sorvetes, durante os intervalos de aulas à tarde e à noite, marcaram o momento. Jeane Gomes, bibliotecária do Campus Itabaiana desde a inauguração, explica que a realização do Bibliocult é uma experiência fantástica para os colaboradores da biblioteca e principalmente para os leitores. “São dias especiais que nos permitem sair do lugar-comum”, resume Jeane.

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página