Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser!
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Destaque > Em coletiva, reitora do IFS fala de bloqueio de mais de R$ 2 milhões no orçamento
Início do conteúdo da página
CORTE ORÇAMENTÁRIO

Em coletiva, reitora do IFS fala de bloqueio de mais de R$ 2 milhões no orçamento

Criado: Segunda, 20 de Junho de 2022, 10h35 | Publicado: Segunda, 20 de Junho de 2022, 10h35 | Última atualização em Segunda, 20 de Junho de 2022, 10h37

Redução vai impactar no custeio de contratos de serviços e programas assistenciais

cortes capaNa manhã desta segunda, 20, a reitora do Instituto Federal de Sergipe (IFS), Ruth Sales, participou de uma coletiva de imprensa, junto a gestores da Universidade Federal de Sergipe (UFS), Valter Santana (reitor) e Sérgio Ferreira (pró-reitor de Planejamento), para tratar do bloqueio do Governo Federal em relação ao orçamento das instituições para o ano de 2022.

No âmbito do IFS, houve um bloqueio no orçamento anual de R$ 2,6 milhões (2.603.954,00) de custeio e investimento. O que corresponde a 7,2% do total. A Lei de Orçamento Anual (LOA) deste ano, aprovada pelo Congresso Nacional, destinou ao IFS R$ 36,2 milhões (36.204.197,00).

A manobra do Governo Federal vai impactar diretamente nas verbas direcionadas aos programas de Assistência Estudantil que custeiam bolsas e auxílios imprescindíveis para a manutenção do aluno na instituição. O percentual do bloqueio para esse fim foi de 13,35%. Ou seja, deixarão de ser investidos R$ 713.663,00 dos R$ 5,3 milhões (5.347.306,00), destinados aos programas.

O outro impacto do bloqueio no IFS será no pagamento de contratos de serviços como energia, água, internet, limpeza, vigilância, entre outros, necessários para o pleno funcionamento da instituição. A redução orçamentária é de 6,95%, o que corresponde a R$ 1,8 milhão (1.890.291,00) do total de R$ 27,1 milhões (27.187.094,00) destinados ao IFS para custear essas despesas.

Além dessas áreas, a pesquisa, extensão e inovação do Instituto Federal de Sergipe também vão sofrer descontinuidade, bem como com a oferta para novas bolsas e projetos com a indisponibilidade orçamentária. De acordo com a reitora Ruth Sales Gama de Andrade, o bloqueio comprometeu todo o planejamento da instituição.

cortes ruth“Com a redução dos auxílios aos estudantes nos nove campi que compõem o IFS, corremos o risco de aumento da evasão. E, se esse bloqueio virar um corte orçamentário, só conseguiremos manter o funcionamento dos contratos continuados como o de água, energia, vigilância, limpeza, entre outros, até o mês de setembro ou no máximo outubro”, destacou a reitora.

Redução Orçamentária

O Governo Federal vem diminuindo os recursos para a Educação Tecnológica gradativamente. A dotação orçamentária do IFS, em 2018, foi de 37.385.375,00. Atualmente, sem o bloqueio, é 36.204.197,00; uma redução de 3,15%. Mas se comparado a 2014, em que o orçamento foi de R$ 123.567.529,00, a redução é alarmante: 70,7%.

Convite à imprensa

Os profissionais da imprensa interessados podem dirigir-se até a Rua Francisco Portugal, n° 150, bairro Salgado Filho, para obter mais informações sobre o cortes e como isso repercutirá na pesquisa do IFS, com informações detalhadas trazidas pelo diretor de inovação e empreendedorismo (Dinove), José Augusto Andrade.

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página