Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser!
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Carreira científica, biossegurança no turismo e acessibilidade estão entre os temas que integraram o 3º dia da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia
Início do conteúdo da página
18ª SNCT

Carreira científica, biossegurança no turismo e acessibilidade estão entre os temas que integraram o 3º dia da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia

Criado: Quinta, 28 de Outubro de 2021, 12h35 | Publicado: Quinta, 28 de Outubro de 2021, 12h41 | Última atualização em Quinta, 28 de Outubro de 2021, 12h44

Com apresentações mútuas, quarta-feira (27/10) foi mais um dia rico em compartilhamento e aprendizado

snct3 1Por: Rebeca Nunes (estagiária de jornalismo), com supervisão de Monique de Sá

Seguindo o cronograma, o terceiro dia da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNTC) contou com as apresentações de trabalhos científicos desenvolvidos por alunos e professores do Instituto Federal de Sergipe (IFS). Os encontros foram realizados através da plataforma Google Meet e contou com a presença assídua da comunidade interna e externa. Foram abordadas pesquisas e trabalhos de diversos temas de peso, que visavam a aplicação da Ciência como agente de melhoria social.

No total, foram mais de 100 apresentações realizadas durante os três turnos, nesta quarta, 27. Algumas delas já estão disponíveis também no canal oficial do IFS no YouTube e inseridas de acordo com o subevento em que elas foram realizadas: 8º Congresso de Iniciação Científica (CIC), o 4º Fórum de Pós-graduação (FPGrad), a 6ª Semana de Extensão Tecnológica (Semext), o 4º Seminário de Inovação (Inovar), o 3º Seminário de Pesquisa de Técnico-administrativos (SPTAE).

Jovens e carreira científica

"Quem quer ser cientista?". Foi essa a pergunta que norteou a pesquisa sobre as percepções de jovens acerca da relevância das carreiras científicas e tecnológicas para o desenvolvimento da sociedade, realizada pela equipe de bolsistas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Cientifica (PIBIC) das professoras: Adeline Farias e Iara Bichara. O trabalho foi apresentado na manhã de quarta-feira, 27/10, pelos alunos do Campus Aracaju: Giulia Scofield, Rafael Barbosa, Wesley Carvalho e Nakau Mariana.

Com resultados satisfatórios, alcançar informações que possam subsidiar futuras intervenções foi um dos objetivos da equipe, tendo como base na divulgação científica através das redes sociais (Instagram, Twitter e Facebook) para uma melhor recepção. A pesquisa focou em jovens da cidade de Aracaju entre 19 e 24 anos de idade, buscando levantar opiniões sobre a possibilidade de carreira na ciência enquanto agentes de transformação social.

Turismo e Biossegurança

snct3 2Dando sequência à programação, no turno da tarde foram feitas apresentações no 4º Fórum de Pós-Graduação (FPGRAD) - todas com enfoque na área de Turismo.

Orientada pelo professor, Flaviano Fonsêca, e coordenação da professora, Irineia Nascimento, a aluna do Mestrado Profissional em Turismo, Gislaine Andrade, apresentou sua pesquisa que tem como tema: “Análise do turismo de base comunitária no território quilombola Brejão dos Negros, município de Brejo Grande - SE: possibilidades de um protocolo de biossegurança”.

Com a falta de estudos sobre biossegurança destinados ao Turismo de Base Comunitária (TBC) no estado de Sergipe e com a pretensão de tornar a comunidade de Brejão dos Negros referência quanto aos cuidados preventivos, a pesquisa buscou chegar a um resultado que possibilite a execução de ações preventivas, assim colaborando para complementar as necessidades locais relacionadas à saúde, tanto da comunidade, quanto dos turistas, além de promover a perpetuação da cultura tradicional através da reinvenção social.

Acessibilidade e auxílio na locomoção de deficientes visuais

snct3 3Prosseguindo com a tarde de apresentações, o trabalho produzido pelos alunos Gabriel dos Santos e Mariany Barreto, sob orientação dos mestres Lúcio Gama Júnior e Ricardo Rabelo, que carrega como tema “Exoesqueleto torácico para auxílio na locomoção de deficientes visuais”, foi apresentado no Seminário de Inovações (Inovar) do IFS, evento composto por pesquisas que pretendem intervir no cotidiano através de soluções tecnológicas.

A presença de tecnologias assistivas de preços acessíveis seguem correspondendo a um baixo percentual na realidade das ferramentas computacionais. Sob esta problemática e buscando evitar quedas e colisões, além de proporcionar maior liberdade aos deficientes visuais, o projeto propõe desenvolver um exoesqueleto com sistema de orientação através de sons e vibrações, assim como sensores de distância a partir de ultrassônicos e infravermelho, tudo isso, com baixo custo.

Após a explicação sobre processo de pesquisa e aplicação de alguns dos componentes eletrônicos utilizados no projeto e da mostra de imagens do protótipo, os alunos comentaram sobre os resultados parciais obtidos. Respostas significativas já foram alcançadas através do atual protótipo e, apesar de um atraso na execução do cronograma causado por novas adequações e decisões, a equipe afirma que muito já foi aprendido até o momento, o que com certeza, segundo eles, auxiliará na finalização das próximas etapas.

A 18ª SNCT acontece até esta sexta, 28. A partir desta quinta, 27, as atividades serão realizadas no âmbito dos campi do IFS. Para conferir as apresentações e eventos da Semana, basta acessar o canal oficial do IFS no YouTube.

Saiba mais, clicando aqui!

registrado em:
Fim do conteúdo da página