Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser!
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Poço Redondo > IFS firma parceria com instituições para fortalecer a agricultura familiar sergipana
Início do conteúdo da página
AGRICULTURA FAMILIAR

IFS firma parceria com instituições para fortalecer a agricultura familiar sergipana

Criado: Segunda, 12 de Abril de 2021, 10h06 | Publicado: Segunda, 12 de Abril de 2021, 10h06 | Última atualização em Segunda, 12 de Abril de 2021, 10h06

As comunidades rurais do alto sertão sergipano serão beneficiadas com as ações do projeto AgroIFNordeste

Arte Capa AgroIFNordesteO Instituto Federal de Sergipe, por meio da Diretoria de Agropecuária e Desenvolvimento Tecnológico Rural (DADTER), juntamente com o Instituto Federal do Piauí e o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), firmaram convênio com o objetivo de implantar o projeto AgroIFNordeste de apoio técnico-científico para fortalecimento e consolidação das políticas públicas na Agricultura Familiar do Brasil, no âmbito do IFS.

Uma equipe técnica já está trabalhando nos subprojetos de implantação. A proposta é desenvolver ações que fortaleçam a agricultura familiar para impulsionar a produção agropecuária por meio de tecnologias, assistência técnica e capacitação de profissionais de assistência técnica e extensão rural; gestão e comercialização, com o foco na produção sustentável; no uso de energias renováveis de baixo custo; bem como na geração de renda a curto e médio prazos, no âmbito do Plano AgroNordeste e das políticas públicas desenvolvidas pela Secretaria de Agricultura Familiar - SAF/MAPA.

O Campus Poço Redondo é a base do projeto que será desenvolvido no Alto Sertão Sergipano, onde vai ser implantado um centro de referência tecnológica, voltado para convivência com o Semiárido. Além disso, vai sediar atividades de Residência Agrária Profissional e de Gestão e Comercialização dos Produtos da Agricultura Familiar.

As ações de pesquisa e extensão rural vão ser desenvolvidas com os Institutos Federais filiados ao Programa, coordenados pelo Instituto Federal do Piauí e iniciadas com a Residência Agrária em unidades produtivas familiares que vai diagnosticar as principais demandas dos agricultores da região.

De acordo com a diretora da DADTER, Irinéia Nascimento, a implantação do AgroIFNordeste vai trazer benefícios para as comunidades locais através da extensão tecnológica com vistas à realidade e às demandas do semiárido, pois visa ainda o desenvolvimento de pesquisas e a capacitação de estudantes, técnicos e agricultores no uso de tecnologias sustentáveis e de fácil acesso para os agricultores locais. “Com isso pretendemos desenvolver estratégias de comercialização, com a utilização de tecnologias de informação, possibilitando a maior inserção dos produtos da agricultura familiar no mercado”, explica Irinéia.

  

 

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página