Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Incentivo ao desenvolvimento do tênis de mesa é um dos objetivos de Projeto do IFS
Início do conteúdo da página
ESPORTE

Incentivo ao desenvolvimento do tênis de mesa é um dos objetivos de Projeto do IFS

Criado: Quinta, 06 de Dezembro de 2018, 15h06 | Publicado: Quinta, 06 de Dezembro de 2018, 15h06 | Última atualização em Terça, 11 de Dezembro de 2018, 10h00

tenis1O Instituto Federal de Sergipe (IFS) promoveu, em parceira com a Associação Sergipana de Tênis de Mesa (ASTM) e com a Secretaria de Estado do Esporte, Lazer e da Juventude (SEEL), o 1º torneio de tênis de mesa das escolas públicas de Sergipe. O evento aconteceu nesta quarta-feira, 05, e contou com a participação de alunos de sete diferentes escolas públicas do estado, incluindo o IFS - Campus Aracaju, Estância e São Cristóvão.

tenis2O torneio representa o encerramento do Projeto Esporte Ativo 2018, realizado pela Pró-reitoria de Pesquisa e Extensão (Propex) juntamente com os bolsistas do programa. Lucas Vilar Novaes faz parte do grupo de bolsistas do projeto e foi um dos organizadores da competição, ele explica que o tênis de mesa ainda é uma modalidade cara no estado, o que dificulta o aprimoramento da técnica dos alunos de escola pública que não tem condições de pagar pelo espaço para treinamento. “Além do torneio, durante todo o ano os alunos tinham acesso ao espaço para treinar e desenvolver suas habilidades, o espaço era aberto aos alunos uma vez na semana”, explica.

tenis3A professora de tênis de mesa e representante da SEEL, Ana Lúcia Muffareg, reforça a importância desse incentivo ao esporte, que acaba apoiando não só o estado a se destacar nacionalmente, como também os alunos que se sentem mais motivados. “Na maioria das vezes quem tem acesso a esse espaço para treinamento são os alunos de escolas particulares que possuem mais condições financeiras, pois o tênis de mesa é uma modalidade relativamente cara. Então dar essa oportunidade a esses alunos faz com que eles queiram ser melhores e crescer como atletas”, pontua.

Além de dar oportunidades para os alunos da rede pública, o projeto também incentiva os bolsistas a entenderem mais sobre a modalidade, o coordenador do projeto, professor Oswaldo Mendonça, explica que todos os bolsistas receberam da ASTM um curso de formação para serem juízes de tênis de mesa. “Eles ganharam esse curso e é algo que podem usar para sempre na vida profissional deles, então o Esporte Ativo tem esse objetivo de buscar o crescimento de todos os envolvidos”, destaca.

tenis4O clima da competição era de alegria e companheirismo entre os participantes, mesmo que eles tivessem disputando entre si. O sentimento de gratidão e motivação transbordava dos estudantes. Um dos alunos destaques e futuro mesatenista, Iran Pedro conseguiu uma vaga na etapa regional que aconteceu neste ano. O estudante do curso técnico de Manutenção e Suporte em Informática do IFS - Campus São Cristóvão fala que se sente mais preparado e seguro para as próximas competições. “É um incentivo para gente, eu me sinto muito melhor, até porque antes eu ficava treinando na mesa da cantina mesmo, com uma redinha que eu tenho, mas treinar aqui com equipamentos oficiais do esporte é totalmente diferente, muito bom”, enfatiza.

grafico2

registrado em:
Fim do conteúdo da página