Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser!
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > FAQ: Perguntas Frequentes - ASSRI
Início do conteúdo da página

FAQ: Perguntas Frequentes - ASSRI

Criado: Sexta, 10 de Setembro de 2021, 10h41 | Publicado: Sexta, 10 de Setembro de 2021, 10h41 | Última atualização em Sexta, 10 de Setembro de 2021, 11h26

 

 

 

FAQ - Perguntas Frequentes:

 

GettyImages 1248119058

 

Assessoria

 

Como o IFS percebe a internacionalização?

O IFS percebe a  internacionalização como um processo transversal que integra atividades que envolvem as diversas modalidades de mobilidade acadêmica, pesquisas colaborativas, procedimentos e iniciativas que visem à inovação tecnológica, à transferência de tecnologia e ao empreendedorismo, projetos de desenvolvimento de ações realizadas entre instituições de mais de um país e desenvolvimento de aspectos curriculares e dupla diplomação que impactem na prática pedagógica no Brasil e/ou no exterior, promovendo impacto positivo na produção do conhecimento e no desenvolvimento social. 

 

Qual o setor que auxilia o IFS no processo de internacionalização?

A Assessoria de Relações Internacionais se encontra vinculada  ao gabinete da reitoria, mas está em constante diálogo com todos os setores do IFS, em especial,  com  as Pró-reitorias de Ensino e Extensão.

 

Atualmente, qual a estrutura organizacional da unidade de internacionalização do IFS?

A ASSRI/IFS é composta por um assessor internacional e uma bolsista de Relações Internacionais. 

 

Mobilidade

 

O IFS oferece oportunidades de intercâmbio para instituições estrangeiras? 

Sim. Atualmente o IFS possui um Mou (Memorando de Entendimento) com o Instituto Politécnico do Porto (IPP) e  Termos de Cooperação com o Instituto Politécnico de Bragança (IPB) e com o Instituto Politécnico de Leiria (IPL).

 

Se eu participar de um intercâmbio em outro país, eu atraso meu curso no IFS?

Dependerá do tipo de intercâmbio em que você esteja participando. É importante verificar juntamente com a coordenação de seu curso a possibilidade de aproveitamento das disciplinas cursadas, ou quaisquer outras questões a serem levadas em consideração. No caso dos acordos de Dupla Diplomação celebrados oficialmente pelo IFS, no quais o estudante poderá obter até três títulos acadêmicos, sendo um nacional e dois internacionais, o prazo pode se estender em até um ano e meio.

 

Como faço a equivalência de créditos ou horas cursadas no exterior?

No nível técnico as equivalências são feitas por um professor do departamento local na instituição brasileira competente para avaliar e constatar as horas/créditos cursados no exterior e sua compatibilidade com a ementa nacional.

 

Quero me capacitar no exterior. Como devo proceder?

Para mais informações sobre auxílios e programas de bolsas para formação e especialização no exterior acesse a aba de Editais e Oportunidades.

 

Estou em estágio probatório. Posso me afastar para capacitação no exterior?

Servidor Docente:

1.1 – Afastamento para Estudo ou Missão no Exterior

O servidor poderá ausentar-se do País para estudo ou missão oficial, no período do estágio probatório. (art. 95, da Lei nº 8.112/90)

1.2 – Afastamento para participação em programa de pós-graduação stricto sensu

Os servidores Docentes em estágio probatório, poderão se afastar para realização de programas de mestrado, doutorado e pós-doutorado, independentemente do tempo ocupado no cargo ou na instituição. (art. 30, da Lei nº 12.772/2012)

1.3 – Licença Capacitação

Não poderá ser concedido, Licença para Capacitação, ao servidor em estágio probatório, em face de não se encontrar no rol das licenças/afastamentos. (art. 20, da Lei nº 8.112/1990).

Para os Técnicos Administrativos:

1.1 – Afastamento para Estudo ou Missão no Exterior

O servidor poderá ausentar-se do País para estudo ou missão oficial, no período do estágio probatório. (art. 95, da Lei nº 8.112/90)

1.2 – Afastamento para participação em programa de pós-graduação stricto sensu

Os servidores TAS’s em estágio probatório, não poderão se afastar para realização de programas de mestrado e doutorado, haja vista, que somente serão concedidos aos servidores titulares de cargos efetivos no respectivo órgão ou entidade há pelo menos 3 (três) anos para mestrado e 4 (quatro). (art. 95, da Lei nº 8.112/90)

1.3 – Licença Capacitação

Não poderá ser concedido, Licença para Capacitação, ao servidor em estágio probatório, em face de não se encontrar no rol das licenças/afastamentos. ( art. 20, da Lei nº 8.112/90)

 

Idiomas

 

Já fiz intercâmbio e/ou já tenho conhecimento em um idioma. Como posso aproveitar esse conhecimento para adquirir os créditos da disciplina?

Nesse caso a estudante pode solicitar a realização de um teste de proficiência, e através dele poderá comprovar que já possui o conhecimento necessário em uma disciplina requerida.

 

É necessário saber uma língua estrangeira (LE) para participar de um intercâmbio?

Dependerá do país de destino e do tipo de programa que esteja participando. No caso de países estrangeiros que não possuem a língua portuguesa como idioma oficial, geralmente é necessário a realização de exames de proficiência na língua a qual será ministrado as aulas. É importante que o candidato verifique os editais e portais das instituições ofertantes quais os requisitos para participação no programa de intercâmbio

 

Quais os exames de proficiência mais comuns? E quais as notas/pontuações que eles atribuem?

Para mais informações sobre exames de proficiência e dúvidas relacionadas acesse a aba de Informações Úteis.

 

O IFS aplica prova/exame de proficiência?

O TOEIC Bridge era o único exame de proficiência aplicado no IFS, no entanto, devido à pandemia, não está sendo realizada sua aplicação. Para mais informações sobre quais os tipos e onde realizar os exames de proficiência, acesse a aba de Informações Úteis.

 

Afastamento (Servidores e TAEs)

 

Vou tirar férias no exterior. Preciso de autorização para afastamento?

Não necessita de autorização do Órgão para o servidor que deseja usufruir de férias no exterior, apenas comunicar ao chefe imediato o endereço eventual do País. (art. 6º, do Decreto nº 91.800/1995).

 

Vou realizar intercâmbio no exterior. Preciso de autorização para afastamento?

Dependerá do tipo de intercâmbio realizado, é necessário verificar junto à instituição.

A licença Capacitação

Poderá ser concedida (mediante autorização) para participação em curso presencial ou intercâmbio para aprendizado de língua estrangeira, quando recomendável ao exercício de suas atividades, conforme atestado pela chefia imediata, bem ainda, pela Assessoria Institucional. (art. 25, do Decreto nº 9.991/2019)

 

Como realizar um pedido de afastamento?

Os servidores que pretendem solicitar afastamento para participação em Programa de Pós-graduação stricto sensu no Brasil ou no Exterior deverão preencher os requisitos e apresentar a documentação exigida, conforme o caso.

 

Qual documentação necessária?

Docente

Requisitos: Art. 12 da Resolução CS/IFS n° 47/2020

Documentação: Art. 13 da Resolução CS/IFS n° 47/2020

Técnico Administrativo em Educação

Requisitos: Art. 13 da Resolução CS/IFS n° 83/2021

Documentação: Art. 14 da Resolução CS/IFS n° 83/2021

 

Discentes e visitantes internacionais 

 

É exigido a proficiência em língua portuguesa para estudar no Brasil?

Sim. No caso de estudantes e participantes que estejam realizando formação ou especialização no Brasil em língua portuguesa, é necessário a realização de exames de proficiência em português para estrangeiros, o CELPE-Bras. Acesse mais informações sobre exames de proficiência na aba de Informações Úteis.

 

Como obter um Visto?

A obtenção de visto é de responsabilidade dos candidatos, devendo ser realizada junto aos órgãos oficiais do Brasil. Os candidatos poderão, no entanto, solicitar ao IFS declarações que auxiliem o participante a comprovar seu vínculo à Instituição,

Para mais informações sobre obtenção de vistos e dúvidas relacionadas acesse a aba de Informações Úteis e a página de Orientações sobre Vistos e Documentação para Estudantes Estrangeiros, do Ministério das Relações Exteriores.

 

Qual é a documentação necessária para estudar no Brasil?

Para realizar a solicitação de visto estudantil, a documentação necessária dependerá do país de origem do aplicante e Consulte o Posto com serviço consular mais próximo para saber quais são os requisitos em seu país.

Em geral, a documentação solicitada inclui, no mínimo:

    • Formulário preenchido e assinado em duas vias;
    • Passaporte;
    • Declaração da Instituição de Ensino brasileira atestando que o interessado foi aceito ou está matriculado no curso pretendido;
    • Termo de Responsabilidade Financeira emitido pelo órgão responsável, quando bolsista, ou pela pessoa responsável pelo estudante;
    • Autorização dos pais, se menor de idade;
    • Atestado de bons antecedentes;
    • Comprovante de meio de transporte de entrada e saída do território nacional.

Para mais informações sobre obtenção de vistos e dúvidas relacionadas acesse a aba de Informações Úteis e a página de Orientações sobre Vistos e Documentação para Estudantes Estrangeiros, do Ministério das Relações Exteriores.

 

 

Vida fora do Campus

 

Informação sobre taxas e custo de vida

Educação: A educação pública, universal, gratuita e de qualidade no Brasil é um direito garantido pela Constituição, sendo responsabilidade dos governos públicos utilizar responsavelmente os impostos e prover o ensino público sem custos adicionais a sua população, bem como estudantes estrangeiros que estejam inseridos nas instituições.

Transporte: A tarifa de transporte atual (Agosto, 2021) custa em torno de 4,00 reais e engloba o trânsito por todas as linhas e rotas de ônibus intermunicipal e possibilidade de troca de rota dentro dos terminais sem acréscimos. O transporte público é o meio mais comum e acessível utilizado pelos estudantes, os alunos da rede pública através do AracajuCard Escolar tem direito a 50% de desconto na tarifa.

Custo de Vida*: Os custos com despesas básicas pode variar de acordo com o bairro de estadia, bem como do estilo de vida e interesses do discente/visitantes. O salário mínimo atual (2021) no Brasil é de R$ 1.100,00 (mil e cem reais). No entanto, este valor pode não ser suficiente para as despesas mais básicas, como pode ser observado nos custos abaixos. É necessário que o discente ou visitante disponha de recursos suficientes para cobrir todas suas despesas pessoais.

 

 

Supermercado

Leite 1 litro

R$ 3,71

Pão francês (kg)

R$ 8,75

Arroz (5kg)

R$ 15,49

Açúcar (5kg)

R$ 11,82

Feijão (1kg)

R$ 6,37

Café (pacote de 500g)

R$ 6,23

 

Bar e Restaurante

Almoço em restaurante barato

R$ 12,33

Almoço em restaurante caro

R$ 54,29

Coca-cola 2 litros

R$ 6,92

Cafezinho

R$ 1,33

Transporte

Ônibus

R$ 4,00

Taxi bandeirada (tarifa normal)

R$ 4,84

Taxi 1km (tarifa normal)

R$ 5,55

Gasolina litro

R$ 5,06

Etanol litro

R$ 3,99

1 hora de estacionamento na região central

R$ 7,20

Moradia

Aluguel quitinete (região cara)

R$ 866,67

Aluguel apartamento 2qts (região cara)

R$ 1.200,00

Aluguel apartamento 3qts (região cara)

R$ 1.750,00

Aluguel quitinete (região barata)

R$ 466,00

Aluguel apartamento 2qts (região barata)

R$ 660,00

Aluguel apartamento 3qts (região barata)

R$ 810,00

 

*Valores aproximados referente à 2020/2021. Fonte: Custo de Vida 

 


 

voltar 
registrado em:
Fim do conteúdo da página