Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser!
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Aracaju > Estudantes ganham medalha de ouro em olimpíada nacional
Início do conteúdo da página
CIÊNCIAS

Estudantes ganham medalha de ouro em olimpíada nacional

Escrito por MARINEIDE BONFIM BASTOS | Criado: Quarta, 11 de Dezembro de 2019, 11h44 | Publicado: Quarta, 11 de Dezembro de 2019, 11h44 | Última atualização em Terça, 17 de Dezembro de 2019, 17h19

A ONC bateu recorde em 2019 com quase 2 milhões de estudantes inscritos

Aluno Daniel recebendo medalha de ouro bPela primeira vez, o Instituto Federal de Sergipe, campus Aracaju, conquistou medalha de ouro na Olimpíada Nacional de Ciências, promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). Não foi só uma. Foram duas medalhas. Os estudantes do 2º ano do curso integrado em Química, Camille Vitoria de Jesus Porto e Daniel Lopes Toso foram premiados , após competir com estudantes de todo o Brasil de escolas públicas e particulares.Aluna Camille recebendo medalha de ouro b

A solenidade de premiação oficial para entrega das medalhas no estado ocorreu no dia 6 de dezembro, no auditório da Reitoria, na Universidade Federal de Sergipe (UFS), presidida pelo coordenador estadual da ONC, professor André Luiz Bacelar Silva Barreiros.Todos os professores e alunos que concorreram receberam certificado de participação. A professora de Química , Cristiane da Cunha Nascimento, esteve como representante do IFS - campus Aracaju. No total, são quase 10 mil estudantes de todo o país premiados com medalhas de ouro, prata, bronze e menções honrosas.

As provas da Olimpíada Nacional de Ciências ocorreram em duas fases, e envolveram questões de Astronomia, Biologia, Física e Química. A primeira fase ocorreu na própria escola e a segunda fase ocorreu na coordenação estadual. Entre os classificados para segunda etapa estavam cinco estudantes do IFS - Campus Aracaju, do 1º,2º e 3º anos de curso técnico integrado ao ensino médio.

Alunos com as medalhas e a professora Cristiane da Cunha Nascimento bA professora Cristiane Cunha aponta o excelente desempenho dos estudantes uma vez que foram quase 2 milhões de participantes na competição.”A participação dos alunos em olimpíadas é de fundamental importância porque estimula os jovens a descobrir mais sobre as ciências e cria uma ponte para as escolhas profissionais. Com isso, as instituições passam a serem vistas com destaque, ressaltando a importância do ensino de qualidade”, avalia.

OBJETIVO

A Olimpíada Nacional de Ciências integra o Programa Ciência na Escola e é uma realização de quatro entidades científicas: Sociedade Brasileira de Física (SBF), Associação Brasileira de Química (ABQ), Instituto Butantan e a Sociedade Astronômica. A ONC resulta de de um convite do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e às Sociedades e se destina a estudantes do Ensino Médio e do último ano (9º ano) do Ensino Fundamental.

O objetivo é estimular alunos para as carreiras científicas, qualificar professores para o ensino por investigação científica e fortalecer a interação entre instituições de educação superior, e escolas de ensino fundamental e médio.

Alunos na UFS com as medalhas e bandeira do IFS b 600x800Todos os estudantes que competiram receberão certificado de participação que está disponível no site oficial da ONC (https://certificados.onciencias.org).

ALUNOS DE OURO

Este ano, o aluno Daniel Toso ganhou três medalhas de ouro: na 22ª Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica, OBA , 15ª edição da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas, OBMEP, e agora na Olimpíada Nacional de Ciências, ONC. O estudante também conquistou medalha de prata na 2ª Olimpíada da Matemática dos Institutos Federais , OMIF.

Já Camille Porto conquistou, em 2019, duas medalhas de ouro: na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica e agora na Olimpíada Nacional de Ciências. Ela também recebeu menção honrosa na OBMEP.

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página