Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser!
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias PROPEX > Dia das Mulheres e Meninas na Ciência
Início do conteúdo da página
Evento

Dia das Mulheres e Meninas na Ciência

Criado: Sexta, 14 de Fevereiro de 2020, 09h43 | Publicado: Sexta, 14 de Fevereiro de 2020, 09h43 | Última atualização em Sexta, 21 de Fevereiro de 2020, 10h21

Desafios e inclusão delas no ambiente da pesquisa e do mundo do trabalho foram alguns dos tópicos debatidos por servidores e alunos do IFS.

Segundo dados da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), apenas 28% dos cientistas no mundo são mulheres. Pensando nos desafios e na inclusão do gênero feminino no ambiente científico, o Instituto Federal de Sergipe promoveu um encontro no Dia das Mulheres e Meninas na Ciência, 11 de fevereiro, com palestras, homenagens e debates sobre temática.

IMG 3649

O evento começou com uma mesa redonda composta pela reitora do IFS, Ruth Sales Gama de Andrade; pela pró-reitora de Pesquisa e Extensão, Chirlaine Cristine Gonçalves; pela diretora de Assistência Estudantil, Irinéia Rosa do Nascimento; pela diretora de Ensino, Elza Ferreira Soares; e pela coordenadora do Sistema de Saúde do Servidor, Elizabeth de Cássia. Elas compartilharam experiências sobre os desafios que enfrentaram e ainda enfrentam para seguir suas carreiras e pesquisar, bem como a importância do incentivo desde a infância delas e sobre o papel dos homens no apoio à igualdade de gênero.

De acordo com a pró-reitora de Pesquisa e Extensão, a proposta deste evento surgiu no decorrer do Programa Mulher, Gênero e Feminismo na Ciência que está em vigor no IFS desde 2018 e que estimula pesquisas realizadas nessa área. “Percebemos que, apesar de já se destacarem bem no universo de profissionais do IFS, as professoras, técnicas e alunas ainda são minoria nas pesquisas desenvolvidas na instituição. Sendo assim, criamos esse programa para mostrar que o mundo da ciência precisa de nós também, que temos destaques nessa área. E já estamos indo na segunda edição do Programa, com resultados muito positivos do primeiro edital, e com proposta de ampliação”, ressaltou Chirlaine Gonçalves.

Representatividade

Na sequência, a estudante de saúde e segurança do trabalho pelo IFS, técnica em informática para a internet e embaixadora Women Teachmakers e Organizer Google Developers Group - GDG Aracaju, Ana Cléia Costa de Sousa, falou sobre empoderamento, sororidade e incentivo à participação das mulheres nas áreas tecnológicas. “Na área de ti sempre existiu mais homens que mulheres, hoje essa diferença tem diminuído, mas o preconceito ainda existe e é reponsável pela desistência de muitas nas carreiras em que predomina o sexo masculino. Precisamos reverter isso, mostrado que podemos, sim, ser tão competentes como eles”, ressaltou Ana Cléia. Ela faz parte do Women Techmakers (WTM) e de outras iniciativas para representação feminina na área de tecnologia.

IMG 3738 2

Na análise da reitora e professora Ruth Sales, é importante que as colaboradoras e alunas vejam exemplos de outras mulheres e meninas que se destacam no universo da pesquisa e em suas profissões. “Nós que já chegamos até aqui temos o dever de estimular as outras, mostrando como ultrapassamos os desafios e como é satisfatório colher os frutos de seu trabalho”, pontuou a reitora do IFS.

Mulheres e homens que participaram da cerimônia como ouvintes saíram emocionados e reflexivos diante dos tópicos discutidos. “Iniciativas como essa abrem os nossos olhos sobre como o preconceito de gênero e o machismo estão impregnados na sociedade. Muitas vezes até nem percebemos, mas basta outras mulheres falarem sobre o assunto que percebemos a seriedade do assunto. Perceber que a desigualdade existe é o primeiro passo para buscarmos um ambiente de trabalho e de pesquisa mais igualitário”, ponderou Marisa Rodrigues, diretora de Planejamento de Obras e Projetos do IFS. Ela dirige um setor com predominância de servidores do sexo masculino.

IMG 3503 2

Durante a cerimônia, a reitora Ruth Sales e o professor Pablo Gleydson de Souza prestaram uma homenagem póstuma à professora Jânia Reis, pelos 30 anos que dedicou às atividades de ensino, pesquisa e extensão no IFS. Também foram homenageadas as professoras do Programa Mulher, Gênero e Feminismo na Ciência Jislaine de Menezes, Lenira Pereira, Héstia Lima e Jocelaine dos Santos. Houve ainda a exibição de um vídeo institucional elaborado pelos setores de Pró-reitoria de Pesquisa e Extensão e pelo Departamento de Comunicação Social e Eventos, que mostra a presença e as características da atuação das colaboradoras nas mais diversas áreas, além da apresentação de danças com músicas relacionadas ao empoderamento feminino.

Conforme matéria original em: http://www.ifs.edu.br/ultimas-noticias/279-destaque/8455-mulheres-sao-homenageadas-por-atuacao-na-ciencia

IFS, PROPEX, Mulheres e Meninas na Ciência

USO DO PODCAST COMO FERRAMENTA DISCUSSÃO TEÓRICO-CRÍTICA SOBRE GÊNERO, FEMINISMO E LITERATURA PROFESSORAS DE MATEMÁTICA NA REDE IF DE SERGIPE: CONSTRUINDO UMA HISTÓRIA DE SUA ATUAÇÃO
UMA ANÁLISE SOBRE A PARTICIPAÇÃO DAS MULHERES NA FÍSICA MENINAS DIGITAIS – REGIONAL SERGIPE
Fim do conteúdo da página